Por dentro

#audiovisual #comunicação #internacional #tcav
Semana da Imagem da Comunicação terá pesquisadores do Brasil e exterior e será online
"O evento, que chega na 20ª edição, começa no próximo dia 07 de novembro e ocorrerá sempre no final da tarde. "
Laura Santiago


O grupo de pesquisa Audiovisualidades e Tecnocultura: Comunicação, Memória e Design (TCAv), parte do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCC) da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, é responsável pela produção do evento que ocorre anualmente.


Assim como nas edições anteriores, a Semana de Imagem de Comunicação contará com convidados internacionais. Peter Krapp (Universidade da Califórnia Irvine) dá início a rodada de palestras programadas com o tópico “Seria a internet um museu da computação?” (Is the internet a museum of computing). Já no dia seguinte, Lori Emerson (Universidade do Colorado), integrará a mesa com o tema “Práticas situadas na arqueologia da mídia” (Situated practices in the media archaelogy).


Além desses convidados, farão parte do evento: Bruno Moreschi, que irá analisar as imagens que treinam máquinas e seus processos, com a palestra “Ver e praticar a visão computacional”; Julherme Pires e Analu Favretto com a exibição dos curtas-metragens “É assim que eu me lembro” e “Meu pai vestido de trabalhador” para falar sobre o processo que envolve desde a pesquisa até a produção do filme.


Como o encerramento do PPG reflete em um evento como esse  

Recentemente, a Unisinos anunciou o encerramento de 12 Programas de Pós-Graduação, entre eles o PPG em Ciências da Comunicação. Dessa forma, a 20ª Semana da Imagem e Comunicação será a primeira edição desde essa decisão. Contudo, o professor do PPGCC da Universidade, que integra o grupo de pesquisa TCAv, o Dr. Gustavo Fischer, reitera o comprometimento com a Ciência.


“Independente das informações recentes, nosso entendimento é que o PPG está ativo, na medida em que estamos nos desenvolvendo, orientando nossos atuais alunos de mestrado e doutorado e, claro, realizando nossos eventos. Nosso compromisso é com a pesquisa, a formação e o compartilhamento do conhecimento (em especial com a graduação, como é tradição na Semana da Imagem), tudo está sempre em atualização, tanto na pesquisa como na vida” – acrescenta o professor.


Gustavo está desenvolvendo sua pesquisa, “Techno‐cultural dimensions of memory in/of media: scenarios, challenges and perspectives”, na Universidade da California/Irvine (UCI). Além desse tema, que está ligado às suas pesquisas Lab.Mem – Laboratório de Memória nas/das Mídias Online (FAPERGS/PQ-CNpq), o professor está estudando o funcionamento de Institutos da UCI pela criação do Instituto de Cultura Digital da UNISINOS. 
(Foto: Arquivo pessoal) 


Para conhecer um pouco mais sobre as pesquisas que estarão sendo apresentadas na semana que vem, o Mescla reproduz trechos de entrevistas feitas pelos alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação com alguns dos palestrantes que estarão presentes na 20ª edição do evento:


> Palestrante: Peter Krapp 

> Discente que entrevistou: Camila de Ávila (doutoranda)


Peter Krapp busca saber se a história da computação pode ajudar na evolução da tecnologia e nos faz a seguinte provocação: “para que serve a história da computação?”. Krapp aponta que, ainda que a história da computação seja um campo de pesquisa bastante jovem, “a abordagem antiquada que ‘musealiza’ o legado dos dispositivos de computação é fascinante, mas os museus de computação são ainda mais jovens do que os estudos sistemáticos na história da computação, e colocar dispositivos antigos sob tampas de vidro protetoras pouco auxilia   na compreensão das contribuições feitas ou das oportunidades esquecidas.”


Peter é professor de Estudos de Cinema e Mídia, Informática, Inglês e Música – Universidade da Califórnia. Seus interesses de pesquisa estão relacionados a comunicações secretas e cibernética (teoria da informação, história criptológica); memória cultural e história da mídia (jogos e simulações, história da computação); comunicação estética (design de título, música de filme). 
(Foto: divulgação) 


> Palestrante: Lori Emerson 

> Discente: Augusto Bozzetti (doutorando)


“Desde 2009, quando fundei o Laboratório de Arqueologia da Mídia (LAM), o laboratório ficou conhecido por desconstruir muitas suposições sobre o que os laboratórios deveriam ser ou fazer. Ao contrário de laboratórios que são estruturados hierarquicamente e dirigidos por uma pessoa com uma única visão, o LAM assume muitas formas: um arquivo para trabalhos originais de arte/literatura digital inicial com suas plataformas originais; um aparato através do qual passamos a compreender uma complexa história da mídia e as consequências dessa história; um local para intervenções artísticas, experimentos e projetos; um espaço flexível e fluido para estudantes e professores de várias disciplinas realizarem pesquisas baseadas na prática; um meio pelo qual os alunos de pós-graduação treinam de forma prática em áreas que vão desde humanidades digitais, estudos literários, estudos de mídia e estudos curatoriais até educação da comunidade” 


É professora associado no Departamento de Inglês e diretora do Programa de Artes, Redação e Performance Intermedia da Universidade do Colorado em Boulder. Sua pesquisa se concentra em descobrir pontos de crise em mídias passadas, ou, pontos em que havia a possibilidade, nunca totalmente realizada, de tecnologias que eram definitivamente “outras” do se tem agora. 
(Foto: divulgação) 


> Palestrante: Bruno Moreschi 

> Discente: Aline Corso (doutoranda) 


Comentando sobre quais seriam as principais contribuições da Inteligência Artificial na mudança da nossa forma de ver e estudar as imagens, o pesquisador Bruno Moreschi afirma que “hoje não vivemos mais em um mundo apenas da reprodutibilidade técnica, mas também da padronização algorítmica. Isso pressupõe que o estudo da imagem é também o estudo de dados, de suas escalas e de possíveis metodologias para dar conta de ver essas imagens para além de seus discursos visuais mais aparentes. Isso não é pouca coisa.” 


Bruno é pesquisador e artista visual. Suas investigações estão relacionadas à desconstrução de sistemas e à decodificação de procedimentos e práticas sociais nos campos das artes, museus, cultura visual e tecnologia. 
(Foto: Divulgação) 


> Palestrante: Julherme Pires 

> Discente: Priscila Boeira de Lima (mestranda) 


“Participo da Semana da Imagem desde 2015, e sempre saio do evento muito animado e cheio de ideias. No ano passado, fiz uma participação como conferencista sobre a minha tese, o que me deixou bastante feliz pela valorização dos nossos trabalhos pelo programa. É um importante meio de comunicação do que fazemos na linha de pesquisa e um meio precioso de encontro entre a ciência e a graduação. Este ano, ao debatermos produtos audiovisuais que pensam entre outras coisas conceitos que estudamos, estaremos fazendo um movimento curioso de desdiscretização de nossos procedimentos de criação. Estou bastante curioso sobre como será essa dinâmica, o que virá dos espectadores.” 


Julherme é Doutor em Ciências da Comunicação pelo PPGCC da Unisinos, trabalha com a linha de pesquisa em Mídias e Processos Audiovisuais, é também mestre pela linha Cultura, Cidadania e Tecnologias da Comunicação; além disso é bacharel em Jornalismo e especialista em Cinema e Realização Audiovisual pela Unochapecó. 
(Foto: Divulgação)


Serviço: 

O que: 20ª Semana da Imagem de Comunicação 


Promoção: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Escola da Indústria Criativa, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCC), Instituto de Cultura Digital e Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) 


Mediador: Dr. Gustavo Fischer, Dr. João Ricardo Bittencourt, Dr. Tiago Ricciardi Correa Lopes 


Público: destinado em especial à alunos de pós e de graduação, acadêmicos e demais interessados nos temas


Quando: de 7 a 10 de novembro, das 17h às 19h30 


Formato: Online  


Onde: Canal do TCAv no YouTube ou via Zoom 


Zoom: Mesa 1 – Peter Krapp (07/11) 
Mesa 2 – Lori Emerson (08/11) 
Mesa 3 – Bruno Moreschi (09/11) 
Mesa 4 – Julherme Pires e Analu Favretto. (10/11) 


A tradução simultânea português-inglês e vice-versa está prevista apenas para os dois primeiros dias de evento apenas pelo YouTube. Para assistir no idioma original, basta acessar as reuniões através do Zoom.


Investimento: Gratuito 

Mais recentes