Por dentro

#feminismo #feminismos #leimariadapenha #projetoexperimentalemjornalismo
Live “Mais Feminismos, Menos Violências” debate os 15 anos da Lei Maria da Penha
"Atividade organizada por estudantes propõe discussão sobre a causa feminista a partir do documentário ‘Alexandra’"
Equipe Mescla


Por Felipe Jobim, Carolina Ambros e Milena Silocchi (*)


Na noite de segunda-feira, 30 de agosto, os estudantes de Jornalismo da atividade de Projeto Experimental em Jornalismo vão apresentar a live “Mais Feminismos, Menos Violências”. A iniciativa consiste em abordar o empoderamento e a luta pelos direitos das mulheres, com base nos 15 anos da Lei Maria da Penha, completados neste mês. 


Como convidadas, a live contará com as falas de Gabriela Souza, advogada e fundadora do primeiro escritório de advocacia com atendimento exclusivo para mulheres no Rio Grande do Sul. Junto a ela, Alexandra Zanela, a protagonista do audiovisual, ativista feminista, empreendedora e criadora de conteúdo em podcast e na newsletter Alenews. A mediadora da conversa será a aluna Vitória Pimentel. 


Maria da Penha, que empresta o nome à lei sancionada em 2006, é uma mulher que denunciava incessantemente o marido por agressões e tentativas de assassinato. Quinze anos depois dessa vitória para o movimento feminista, as convidadas vão conversar sobre as melhorias que a legislação trouxe para a proteção às mulheres. Importante lembrar,  até a data de sua promulgação, a violência contra a mulher era tratada como um crime de menor potencial ofensivo (Lei n 9.099/1995) e as  penas previstas não passavam de doação de cestas básicas ou trabalhos comunitários.


Antes de acompanhar a live, convidamos você a assistir o documentário Alexandra, uma produção de 2019, em que a jornalista relata sua trajetória com o feminismo e seu processo de retorno às suas raízes. Para assistir, acesse nosso canal no YouTube, clicando aqui. O link estará disponível por tempo limitado. E para assistir a live, acesse aqui


Quem são as convidadas


Gabriela Souza é advogada, formada em Direito pela PUCRS. É fundadora do primeiro escritório de advocacia com atendimento exclusivo para mulheres no Rio Grande do Sul. Através de amparo integral, atende de forma ampla, propondo acolhimento de mulheres vítimas de agressões, respeitando suas individualidades. Gabriela ainda atua no movimento #MeTooBrasil dedicado à causa feminista, amplificando a voz de quem sofreu algum tipo de abuso sexual ou qualquer forma de violência.


Jornalista, executiva e empreendedora, Alexandra Zanela se descreve como inquieta, extremamente curiosa e de riso frouxo. Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria, passou boa parte de sua carreira em redações, e agora ata em seu próprio negócio, a agência de conteúdo Padrinho


Personagem central no documentário “Alexandra”, produzido pelo amigo e diretor Luiz Alberto Cassol, tem como pauta o feminismo e o empoderamento. A produção foi criada a partir da trajetória de Alexandra e é marcada por depoimentos de uma menina vinda de uma comunidade rural no norte do RS. As falas recompõem sua história, desafios e luta pela equidade dos direitos. O audiovisual já conquistou prêmios e menções honrosas, além de participar de diversos festivais.


A live: Mais Feminismos, Menos Violências
Quando: 30 de agosto de 2021
Onde: canal no YouTube do Portal Mescla
Horário: a partir das 19:30


(*) Alunos da disciplina de Projeto Experimental em Jornalismo

Mais recentes