Por dentro

#comunicaçãourbana #eic #hps #parcerias #projeto #publicidade
Aniversário de 77 anos do HPS tem campanha criada por alunos de Publicidade e Propaganda da Unisinos
"“127 mil vidas, 127 mil histórias” reforça a dimensão e importância do trabalho realizado pelos profissionais da instituição"
Paola de Bettio Torres


Você já viu aqui que a disciplina de Comunicação Urbana, do curso de Publicidade e Propaganda da Unisinos, desenvolveu, em 2020/2, ações comunicacionais para o Colégio São José do Maratá, de São José do Sul, seriamente danificado por uma tempestade. Em 2021/1, a parceria que o curso promove com instituições que precisam de ajuda continuou. O desafio, desta vez, foi proposto pelo Hospital de Pronto Socorro (HPS), de Porto Alegre


Não é a primeira vez que a disciplina realiza um trabalho em conjunto com a instituição. No segundo semestre de 2019, estudantes criaram a campanha #tánamão, que salientava a importância da higienização das mãos no controle de infecções. Desta vez, a parceria surgiu a partir de duas demandas: o aniversário de 77 anos do hospital e as dificuldades advindas da pandemia de Covid-19. Com a chegada do coronavírus, o HPS teve que abrir leitos para atender os pacientes infectados. Até então, o atendimento se concentrava em urgências, emergências e traumas.


Com os setores de UTI e Enfermaria precisando receber também os pacientes de Covid-19, o trabalho, que já era intenso, ficou mais difícil. Com o êxito do #tánamão, a enfermeira chefe de Controle de Infecção Hospitalar, Marcelle Schettert, entrou em contato novamente com o professor Guilherme Caon. “Ela queria fazer algo para o aniversário do hospital. E queriam, ainda, valorizar a dedicação dos profissionais. A Marcelle contou que a moral deles estava lá embaixo”, explica Caon.


O professor lembra que a turma pensou em mostrar a importância do que é feito pelos profissionais do HPS, que permitia a continuidade de muitas vidas. A partir desse conceito, os alunos começaram a procurar formas com que os funcionários do HPS pudessem enxergar o resultado do trabalho realizado. “Uma vida que continuou, uma história. Por exemplo, o cantor Nei Lisboa recém tinha sido atendido lá. Ele fez um depoimento para a gente”, destaca Caon. Assim surgiu a campanha “127 mil vidas, 127 mil histórias”, em alusão ao número de pacientes que passaram pelas mãos dos profissionais de saúde da instituição no último ano. 


Essa ideia não foi a primeira proposta, no entanto. Segundo Marcelle, inicialmente, a ideia era fazer uma nova campanha de higienização de mãos, mas, em função dos prazos, não foi possível. “Então, pensamos em um projeto maior, que seria para o ano todo, para o aniversário do hospital. O professor fez a proposta para a turma, e aí veio aquela chuva de ideias”, conta a enfermeira chefe. “A proposta que escolhemos era falar do número de vidas que o hospital salva durante o ano todo. Estamos comemorando 77 anos do HPS, e também comemorando 127 mil vidas salvas. Trouxemos mensagens de pessoas que passaram pelo hospital, depoimentos, tudo isso para os funcionários terem conhecimento da grandiosidade do trabalho deles”, observa Marcelle. 



Um dos posts institucionais criados pela disciplina  (Comunicação Urbana / Divulgação)



Para ela, o resultado da parceria com a Unisinos é importante para ambos os lados. “Sempre é muito bom, ainda mais com um curso que não é ligado diretamente à área da saúde. Foi bem produtivo, tanto para nós, que temos materiais e propostas, quanto para os alunos, que trabalham com um cliente ‘real”.


A campanha conta com materiais impressos, espalhados pelo HPS, e online, publicados pelas redes das equipes e de pacientes.  Entre as peças, banners, publicações institucionais e posts com depoimentos dos pacientes.



Um dos depoimentos dados por pacientes é o do cantor Nei Lisboa  (Comunicação Urbana / Divulgação)


Mais recentes