Por dentro

#IndústriaCriativa #diainternacionaldamulher #referências
Mulheres incríveis da indústria criativa
“Conheça um pouco da história de jornalistas, fotógrafas, publicitárias, cineastas e designers que desbravaram suas profissões”
Josi Skieresinski


Dia 8 de março passou, mas a admiração, respeito e gratidão às mulheres estão presentes todos os dias aqui na redação do Mescla. Tanto que o portal preparou uma singela homenagem às mulheres da indústria criativa que foram pioneiras ou que marcaram o mercado com seus talentos, personalidades e força para se manter firmes em momentos de muito preconceito em relação às suas capacidades. Elas, que são referência no mundo e que tanto nos inspiram diariamente, agora poderão ser de vocês também.

O Mescla falará dessas mulheres incríveis durante essa semana. Os nomes foram escolhidos a partir de sugestões de coordenadoras e coordenadores dos cursos da Escola da Indústria Criativa da Unisinos. Confira:

Maria Josefa Barreto Pereira Pinto

Ela é considerada a primeira mulher brasileira a se tornar jornalista. Gaúcha, viveu em Porto Alegre e Região Metropolitana durante os séculos XVIII e XIX. Josefa fundou em 1833 o jornal Bellona Irada contra os Sectários do Momo, que durou até o ano de sua morte, em 1837. Era ativamente contra a Revolução Farroupilha e feminista. Também se dedicava à literatura e à educação, tendo sido responsável pela inauguração da primeira escola mista no país. A ativista e educadora foi homenageada pelo escritor Roberto Rossi Jung no livro “A Gaúcha Maria Josefa, Primeira Jornalista Brasileira”.  Josefa também foi reconhecida pelo curso de Jornalismo da Unisinos Porto Alegre, que batizou a revista produzida pelos alunos com seu nome. 

Liana Bazanela

Ela quebrou o ciclo de invisibilidade do gênero na direção da  Associação Riograndense de Propaganda (ARP). Em quase 70 anos de existência da entidade, Liana foi a primeira mulher a presidi-la. Formada em Relações Públicas pela PUCRS, ela mantém uma estreita relação com a publicidade. Se tornou referência na área por atuar como atendimento em agências de propaganda. Liana é também cofundadora da Do It – Marcas e Negócios, e tem sua carreira marcada pelo empreendedorismo e cargos de destaque, algo que, infelizmente, não é tão comum às mulheres. 

Betina Guedes

Mestre e doutora em Educação, Betina teve papel relevante na produção e elaboração do curso Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades, Artes e Tecnologia da Unisinos. Além disso, desenvolve constantemente pesquisas que pautam os processos de criação de metodologias artísticas.

Ana Luiza Azevedo 

Cineasta e roteirista premiada no Brasil e exterior, a gaúcha Ana Luiza dirigiu diversos filmes. Seu mais recente trabalho foi “Aos Olhos de Ernesto”, reconhecido como melhor filme pelo público no 23º Festival Internacional de Cinema de Punta del Este. Também é sócia e fundadora da Casa de Cinema de Porto Alegre, além de atuar como produtora audiovisual independente, com muitas produções realizadas para televisão e cinema. 

Nair Benedicto

Jornalista por profissão e fotógrafa por necessidade, a paulista Nair foi uma das pioneiras na área da fotografia no Brasil. Chegou a atuar atrás das lentes durante os anos de ditadura militar. Foi umas das primeiras profissionais da área a abrir uma agência fotográfica cooperativa no país, a Agência F4 de Fotojornalismo. Seu trabalho, com foco em crianças e mulheres da América Latina, é conhecido nacional e internacionalmente.

Marianne Brandt 

Nascida na Alemanha em 1893, Marianne foi uma das mais brilhantes designers a trabalhar com metal na sua época. Assim como muitas mulheres do início do século passado, ela enfrentou preconceito tanto para estudar quanto para atuar no mercado. Marianne foi aceita na Universidade de Belas Artes de Weimar, que logo depois se tornaria a Universidade Bauhaus Weimar. Anos depois, também na Bauhaus, foi uma das primeiras mulheres a ser diretora das atividades que envolviam a metalurgia. Após um ano, por conta das pressões da comunidade acadêmica, deixou seu cargo e foi convidada a trabalhar no escritório de arquitetura de Walter Gropius

Mais recentes