Engenharia Civil promove Competição de Pontes de Bambu - Portal da Indústria Criativa


Engenharia Civil promove Competição de Pontes de Bambu

Concurso é aberto para estudantes de Engenharia e Arquitetura de todas as universidades

Postado em: 10/10/2018
Por: Gabriela Stahler

Um evento inovador e com foco em solução de problemas vai ocorrer no Campus Unisinos São Leopoldo de 13 a 14 de novembro. A Competição Estudantil de Pontes de Bambu ganha a quarta edição, sendo novidade este ano a abertura de inscrições também para estudantes de outras universidades.

O público-alvo da competição são os acadêmicos de graduação dos cursos de Engenharia Civil e Arquitetura, além de estudantes de nível técnico e médio. Durante o evento, os estudantes devem projetar e construir uma ponte em escala reduzida, feita com palitos de bambu. O formato da ponte será livre e os estudantes podem contar com a ajuda de professores e profissionais. Todos poderão usar as instalações dos laboratórios da Unisinos.

O coordenador da atividade Prof. Dr. Uziel Cavalcanti de Medeiros Quinino diz que o objetivo do concurso é que “o aluno use o modelo de ponte para aplicar o conhecimento que tem de análise de estruturas”. Ele conta que as etapas são a escolha do projeto (que deve ser feita antes do evento), o dimensionamento e o planejamento da quantidade de palitinhos. Essa é uma questão importante, pois o grupo que utilizar menos materiais para construir uma ponte terá uma bonificação na nota.

“Tivemos alunos que foram para a área de cálculo estrutural após o último concurso. Alguns membros do grupo vencedor da última edição estão trabalhando na área”, conta Uziel. O professor também destaca que é comum os alunos participarem durante anos para aperfeiçoarem seus projetos.

Sobre as características importantes para se dar bem na atividade, o professor conta que “é imprescindível ter acesso ao conhecimento, desenvolver as habilidades e melhorar a cada competição, sabendo identificar as falhas e repetir”. A responsabilidade com a atividade e a preocupação em fazer um trabalho bem feito também são destacadas pelo coordenador.

A visão de quem já participou

A edição de 2017 da Competição Estudantil de Pontes de Bambu contou com 23 equipes competidoras. O prêmio foi uma calculadora HP Prime e a ponte que ficou em primeiro lugar tinha uma capacidade de carga de 632,4 kgf. Os responsáveis pelo projeto foram cinco acadêmicos de Engenharia Civil da Universidade de Caxias do Sul.

Camila Mascarello foi uma das vencedoras da última edição e diz que aprendeu na prática os conceitos vistos em sala de aula, como o planejamento, o cumprimento de prazos e regras e o trabalho em equipe.  A dica que a estudante dá para quem deseja participar é “ter um planejamento de como a ponte irá ser construída para que a fase de execução tenha um bom resultado, além da escolha correta de materiais”.

Outra vencedora de 2017 é Fabiana Tessari. Ela conta que se inscreveu para ter a oportunidade de aprender fazendo, enfrentando as dificuldades de colocar a mão na massa. Os benefícios do evento para Fabiana foram “ter contato com trabalho em equipe, assim como lidar com os problemas da construção”. A estudante descreve o concurso como um dia de conhecimento, aprendizado e diversão.

Cada ponte recebe uma nota, de acordo com resistência e economia de materiais. / Foto: Rodrigo W. Blum

O evento irá acontecer no Auditório Central da universidade, na terça-feira (13) de novembro, das 10h às 12h e das 14h às 17h e na quarta-feira (14), das 9h às 12h e das 14h às 19h. Os participantes irão receber 20 horas complementares e os premiados 30 horas.

Não há custo para participar, mas os alunos já devem levar os projetos, palitinhos de churrasco e cola. As inscrições podem ser feitas pela página do evento no site da universidade. O edital está aberto até o dia 3 de novembro. É recomendado que os estudantes leiam previamente o Regulamento da competição.

Redes Sociais