70 anos de história narrados em livro e CD - Portal da Indústria Criativa


70 anos de história narrados em livro e CD

Livro narra as mais de sete décadas da Casa do Artista Riograndense (CAR )

Postado em: 26/09/2018
Por: Luiza Soares

Fundada em 1949, a Casa do Artista Riograndense completa, em 2018, 70 anos de apoio a artistas com mais de 60 anos e em situação financeira instável.  Em seu tradicional Sarau será lançado o livro “Casa do Artista Riograndense: memória viva do radioteatro em Porto Alegre: um abrigo de muitas histórias”, um projeto aprovado pela Fumproarte – Fundo Municipal de Apoio à Produção Artística e Cultural – da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre.  

O evento é organizado como forma de valorizar a arte, os residentes da casa, a cultura local, além de ajudar no sustento da instituição. O Sarau, que ocorre no dia 29 de setembro, às 15h, contará com um compilado de histórias sobre a Casa, apresentações de radioteatro ao vivo pelos artistas que já passaram pela instituição e que participaram do CD, e a presença especial do ator Sirmar Antunes.  

Sarau da Casa do Artista Riograndense comemora os 70 anos da instituição.

O livro, lançado durante o evento, trará documentos, fotografias, recortes de jornais e revistas, além de depoimentos de pessoas que participaram da trajetória do local, com pesquisa feita pela museóloga Carla Beatriz Menegaz. As narrativas também estarão presentes em formato de CD, peças de radioteatro desenvolvidas pelos próprios moradores da CAR e artistas da Era de Ouro do Rádio, com produção do músico Marcelo Delacroix. 

Para a pesquisadora, o projeto trará mais atenção a Casa do Artista Riograndense e às histórias de artistas que passaram por lá, como o radialista Antônio Amábile. “Este é, portanto, um registro inicial, um fragmento, que ao ser divulgado almeja fortalecer e dar impulso para a criação de um memorial que ajude a preservar e dar visibilidade a esse abrigo de muitas histórias”, ressalta Carla. 

A obra tem apresentação assinada por Luciano Fernandes, o atual presidente da Casa do Artista Riograndense, e prefácio do radioamador Ivan Dorneles Rodrigues. Também conta com a colaboração da professora de Artes Cênicas da UFRGS, Mirna Spritzer, com um capítulo sobre radioteatro, tema no qual se especializou.  

O Sarau tem entrada franca, mas serão aceitas doações de alimentos, produtos de higiene pessoal e limpeza doméstica, para contribuir com o bem-estar dos moradores. Os livros serão distribuídos para entidades culturais do estado e seus demais exemplares serão vendidos no valor de R$30, convertidos para gerar renda à instituição, uma das finalidades do projeto. Para mais informações, mandar mensagem para o e-mail. 

 

Redes Sociais