Uma grande história sobre uma cidade pequena - Portal da Indústria Criativa


Uma grande história sobre uma cidade pequena

J.K. Rowling escreve sobre como uma morte repentina mudou a rotina de Pagford

Postado em: 27/06/2018
Por: Kellen Guaragni Dalbosco

Primeira obra da escritora britânica J. K. Rowling depois do sucesso Harry PotterMorte Súbita é um balde de água fria para quem esperava um livro com alguma semelhança à saga do bruxo adolescente. Lançado no Brasil em 2012, pela editora Casa de Livros, reúne 512 páginas que dividiram os leitores entre aqueles que amaram e se impressionaram com a obra e aqueles que detestaram e esperavam uma narrativa diferente. 

Fotos: Kellen Dalbosco

Morte Súbita conta a história da pequena cidade britânica de Pagford, que, apesar de parecer pacata ao primeiro olhar, esconde grandes conflitos. Com a morte repentina de Berry Fairbrother, uma pessoa inicialmente querida por todos, acontece uma “casual vacancy” (nome original do livro), ou seja, uma abertura de vaga no conselho da cidade, no qual Faibrother era membro. A história passa, então, a girar em torno da escolha de um novo membro da instituição.  

OBS: A morte de Barry Fairbrother não é um spoiler, porquê acontece logo nas primeiras páginas do livro e é o fato chave para o desenrolar da história. 

O modo como as pessoas reagem a morte de Fairbrother dá o gancho para a autora introduzir os personagens da história, apresentando a cada capítulo um novo núcleo familiar. As famílias são, de algum modo, interligadas através de suas relações com o morto, que foi professor de uma das crianças, melhor amigo de alguém, chefe ou conhecido.  

J.K. Rowling descreve de forma detalhada os indivíduos e situações relacionadas a estes núcleos familiares. O leitor se vê escolhendo e torcendo para algum dos personagens, e se flagra rindo, chorando ou gritando de raiva durante a leitura. Inclusive, é possível que conforme o folhar das páginas, sejam necessários alguns momentos de pausa e reflexão, porque os temas que a autora traz são carregados de críticas sociais. 

Morte súbita é, definitivamente, um livro adulto. Depois de superadas as apresentações das famílias e as reações dos personagens à morte de Fairbrother, o lado mais sombrio da cidade vem à tona. Trazendo assuntos como bullying, agressões físicas e sexuais, violência doméstica e conflitos familiares, a narrativa faz questão de lembrar ao leitor que os seus personagens são todos humanos. 

O livro traz, nas entrelinhas, uma grande história de perdas. Mas isto é uma descoberta para a leitura. Ao contrário de um final feliz, com casais em uma estação de trem, enviando seus filhos para a escola de magia, Morte Súbita traz um encerramento dramático e promete uma ressaca literária para quem acaba a leitura. 

Redes Sociais