Por dentro

#sustentabilidade #árvores #calçados de couro #coordenadas #crescimento #design #ecologia #educação #elef shoes #empoderamento #empreendedorismo #liderança #moda #mudança de vida #ong internacional #trabalho #Trees for the future #união
Uma pegada ecológica
“”

Vinícius Moog Pinto é recém egresso do curso de Comércio Exterior da Unisinos e visualizou uma oportunidade de crescimento onde havia inquietação e desânimo. Mas ele não é somente um empreendedor que mudou a vida com um novo negócio. É uma pessoa que acredita poder mudar o mundo com um passo e cada vez, literalmente.  

Um emprego que não trazia satisfação e uma graduação chegando ao final foram o impulso que Vinícius precisava para modificar sua vida. Morador de Novo Hamburgo, viu na cidade, que ostenta o título de capital Nacional do Calçado, um mercado aberto para um produto calçadista diferenciado.

”Eu identifiquei o mercado de Novo Hamburgo como uma indústria calçadista gigantesca e ao mesmo tempo pouco explorada. Decidi criar o meu  próprio produto da maneira como eu gostaria de consumir”, contou Vinícius.

Vinícius Moog Pinto, idealizador e proprietário da Elef Shoes

Sustentabilidade e consciência ambiental são as bases da Elef Shoes, que nasceu em 2015 para pensar fora da caixa quando o assunto é calçados de couro. O solado dos sapatos são feitos com borracha natural e borracha reciclada, esta última um resultado da junção de restos de borracha, garrafas pet e resíduos de outros calçados. Nenhum tipo de corante tóxico é utilizado, o que fica visível ao olhar para a sola. Até mesmo o couro, principal produto da fabricação, é proveniente de retalhos da indústria local.

Engana-se quem pensa que a pegada sustentável deixa de lado os conceitos de moda e design. Os calçados da Elef têm um cuidado especial com isso. Inclusive, eles tecem mais uma revolução no mercado. Quem acessa o e-commerce da marca, percebe que não existem diferenças entre os calçados masculinos e femininos. Mais uma amostra dos pilares que sustentam a empresa.

Hoje, a Elef Shoes emprega cerca de 12 pessoas, direta e indiretamente. Entre os colabores estão freelancers de Social Media, e uma galera que fabrica artesanalmente cada par de sapatos vendido pela marca. Em dois anos de empresa, o crescimento foi superior a 200%. Presente em lojas físicas em pelo menos quatro estados brasileiros, o objetivo da empresa é alavancar o e-commerce.

O início é árduo para qualquer negócio e, por apostar na  terceirização da produção, Vinícius conta que viu muitas portas sendo fechadas para ele. Foi na luta por buscar pessoas que acreditam no seu conceito e parceiros, que aprendeu a valorizar e a oportunizar o crescimento no trabalho de todos. Um exemplo disso é o novo editorial da marca que está a caminho, que conta com a proposta de ser desenvolvido junto ao alunos do curso de Fotografia da Unisinos.

Sustentabilidade que sai do papel

Com certeza, a cereja do bolo da Elef, é a participação de um programa em parceria com a Ong internacional “Trees for the Future”, que atua na área de reflorestamento em países africanos, como Senegal, Uganda, Kenya e Tanzânia. E o mais bacana disso tudo, é que em cada par de sapatos da Elef, a coordenada de onde a árvore será plantada, vem estampada. Assim, a árvore foi simbolicamente plantada pelo comprador, que pode até chamá-la de sua.

Infelizmente, não é possível estampar em cada par um local de plantio diferente para cada árvore, mas as coordenadas indicam uma citie, ou vila,  onde o reflorestamento acontece. A “Trees for the Future” providencia para as comunidades, mais do que alimento e moradia. O plantio das árvores traz educação, empoderamento, união e desenvolve liderança, além de salvar vidas. Mas o importante, é a mudança na vida que projetos como este providenciam para os habitantes das comunidades ajudadas.  

Confira na galeria, o editorial da Elef Shoes:

 

Mais recentes