#ECAM: Um dia de experiências e superações - Portal da Indústria Criativa


#ECAM: Um dia de experiências e superações

Terceiro dia do curso contou com consumo e preparo de ração operacional, orientação diurna e progressão em área de conflito

Postado em: 01/08/2017
Por: Eduarda Bitencourt

O último dia do Estágio de Correspondente de Assuntos Militares, o ECAM, ocorreu dia 27 de julho, quinta-feira. Enquanto nos outros dois dias Porto Alegre foi a sede das atividades, no último os estudantes de Jornalismo foram deslocados no ônibus de choque do Exército para o 19º Batalhão de Infantaria Motorizado em São Leopoldo, onde ocorreram as atividades.  

A manhã dos estagiários iniciou com o Coronel Luiz Fabiano Mafra Negreiros falando sobre táticas, técnicas e procedimentos e como é preciso ter conhecimentos para superar o medo e situações adversas. “O medo é algo natural, mas nós devemos aprender a controlá-lo e superá-lo e isso só se aprende através do conhecimento.” As palavras do Cel. Negreiros se mostraram uma prévia de tudo o que aconteceria naquele dia. Procedimentos, táticas e técnicas eram constantemente aprendidas e colocadas à prova nos minutos seguintes, mostrando que situações adversas podem ser superadas com as instruções corretas. 

Alunos participam de progressão em área de conflito. (Foto: Eduarda Bitencourt)

Depois de vestir colete à prova de balas e capacete militares, os estagiários participaram de uma orientação de locomoção e progressão em área de conflito. Os militares incorporaram os futuros jornalistas à tropa enquanto faziam a abordagem e apreensão de suspeitos e passavam por uma manifestação. Fogos de artificio, cenário e a atuação dos cabos e soldados deixaram a situação mais real, dando aos alunos a noção de como é realizar a cobertura e se portar em eventos assim. 

Instruções de preparo da ração operacional. (Foto: Eduarda Bitencourt)

Após receber um cinto militar contendo cantil e marmita, todos foram deslocados para o Campo de Instrução Leão da Serra do 19º BIMTz onde ocorreu o almoço. O cardápio do dia foi a ração operacional, conhecida como R2 pelos militares. Com estranhamento e curiosidade, os alunos aprenderam a preparar o alimento e depois o consumiram. A refeição dividiu os 30 alunos que estavam participando do estágio entre os que aprovaram e desaprovaram a comida. 

O Tenente Bianchini trouxe as instruções de orientação diurna através de bússola, cartografia e contagem de passos. Os alunos, acostumados a usar aplicativos de orientação, tiveram que se dividir em grupos e encontrar pontos em meio a mata utilizando apenas a bússola e instruções passadas previamente. O desafio aumentou a dificuldade a cada ponto encontrado, e no final do circuito, os estudantes comemoraram o sucesso da missão. 

Orientação diurna com o Tenente Bianchini (Foto: Roberto Caloni)

O dia e o ECAM se encerraram com uma cerimônia e confraternização entre militares e alunos. Entre discursos e parabenizações, o Coronel Negreiros recordou a fala da manhã e pontuou que os alunos que saem do ECAM estão preparados para enfrentar as situações adversas. Foram três dias intensos de ensinamentos, quebra de paradigmas e novas amizades que estão marcados na memória dos alunos. 

Redes Sociais