Entrenós traz coleções dos formandos de Moda - Portal da Indústria Criativa


Entrenós traz coleções dos formandos de Moda

Evento foi realizado na quinta-feira (13)

Postado em: 17/07/2017
Por: Carol Steques

Ocorreu na quinta-feira mais uma edição do Entrenós, na Unisinos Porto Alegre, no qual desfile e mostra das coleções de Moda apresentaram os trabalhos dos formandos do curso. “É uma alegria grande poder presenciar esse momento. É um trabalho duro até os alunos chegarem aqui. Isso que a gente mostra no evento é fruto de uma pesquisa extensa de um TCC”, declarou a coordenadora do curso de Moda, Gisele Becker. O evento contou com a participação de alunos e professores da universidade, além de familiares e amigos dos formandos. O padrinho homenageado da turma, Edson Matsuo, diretor de criação da Grendene, também esteve presente. Os alunos de Gastronomia da Unisinos produziram o coquetel.

As 11 coleções expostas foram criadas nos TCCs dos estudantes. A formanda Khira Borba traz um resgate da figurinista da tropicália em sua coleção IMPULSE. “O trabalho da figurinista era fazer figurinos ‘empoderantes’, que empoderassem os artistas. Caetano, por exemplo, se reformatou com a inserção do trabalho dela”, contou a estudante. A coleção IMPULSE, costurada a mão por Khira, foi feita pensando também na sustentabilidade, utilizando materiais descartados para a fabricação das peças.

Modelo com a peça da coleção IMPULSE, de Khira Borba (Foto: Tainara Mauê)

“Foi uma honra produzir o Entrenós neste semestre. Tive o apoio de uma equipe incrível, que se esforçou ao máximo para que tudo saísse perfeito. É um momento muito especial para todos nós. Estou extremamente feliz pelo resultado e pelas pessoas que estiveram conosco nestes dias, em especial o padrinho da turma, o Edson Matsuo, que tem sido tão generoso conosco”, contou Cacá Camargo, professora do curso de Moda e coordenadora do evento.

A Coleção A MODA NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL E PÓS GUERRA CHANEL, de Jordana Scher Costa traz peças confortáveis, práticas e com oportunidade de transformação, pensadas para o período da segunda guerra. Já a Coleção TRANSMUTAÇÃO, de Luana Moscardini mostra a união do urbano com a natureza. Nas peças foram utilizadas tingimento vegetal.

(Foto: Tainara Mauê)

Camila Hermes, se inspirou na nadadora brasileira Maria Lenk, para criar a sua Coleção METAMORFOSE, voltada para senhoras acima dos 60 anos. “Maria Lenk é um exemplo de longevidade, ela nadou até os 92 anos e teve uma vida toda regrada na natação. Eu achei que ela é um exemplo para essas senhoras, que estão em busca de qualidade de vida e bem estar”, declarou Camila. De acordo com a formanda, no mercado da Moda não há muitos produtos destinados a pessoas mais velhas, foi então que ela resolveu fazer a sua coleção destinada a este público. Na METAMORFOSE, a estudante mescla cores mais escuras com as claras.

Coleção METAMORFOSE, de Camila Hermes (Foto: Tainara Mauê)

Luma Ribeiro Azambuja, se inspirou no safari multicultural para criar a sua Coleção SAFÁRI URBANO, que traz uma viajante a exótica savana africana, explorando a natureza e suas maravilhas. A estudante Paula Telles criou a Coleção (DES)CONEXÃO para a marca Aura, que foi feita a partir de estudos elaborados sobre o sub gênero Cyberpunk, que questiona a relação homem versus máquina.

“Eu comecei pesquisando sobre o público feminino geek, que é o mote do meu TCC. Durante a pesquisa, percebi que elas têm um grande apreço pelo mundo das heroínas e que procuram se identificar com elas”, declarou Jaqueline Santos da Silva, dona da coleção HEROICA COLLECTION. Para fazer a coleção, a estudante se inspirou na Padmé Amidala, personagem heroína do filme Star Wars. A formanda conta que pesquisou sobre o figurino da personagem e percebeu que a figurinista sempre escolhia uma referência contemporânea e uma histórica. Seguindo essa mesma linha, Jaqueline trouxe em suas peças referências histórias da pintura Pré-Rafaelita, e referência contemporâneas da arquiteta Zaha Hadid.

A Coleção A ESQUERDA É DE QUEM VEM, de Thamires Inacio, apresenta a roupa como um equipamento de mobilidade para as mulheres que utilizam os transportes de relação, trazendo os valores da praticidade e funcionalidade na forma e na estética. O formando Tobias Breier Barbosa abordou o gênero como performance em sua Coleção SPIELER. Ela visa a ressignificação de categorias históricas do vestuário masculino.

“A minha coleção é inspirada no estilo esportivo de elite, os esportes de elite como hipismo, tênis e golfe. A inspiração maior foi pegar aspectos do mix de produtos da marca Ralph Lauren”, contou Lorrane Chiaramonte Charão, sobre a sua Coleção IL CASTELFALFI. Segundo a formanda, a sua marca Chiaramonte também é voltada para os homens de elite, e todas as suas coleções são com tons terrosos.

A última coleção a desfilar pela passarela foi a FUSÃO, da formanda Bruna Silveira Andrade. Trazendo o tema sustentabilidade, a FUSÃO é uma coleção voltada para o público infantil, onde foram utilizados tecidos reciclados nas peças, feitos com desfibração. “Nós optamos pelo público infantil pois acreditamos que o ele é o futuro da nossa sociedade, então se conseguirmos conscientizar as crianças, o futuro vai ser bem mais positivo”, conta Bruna.

Redes Sociais