Por dentro

#arquitetura #captação #criatividade #fotografia #imagem #inspirações
Fotografia arquitetônica: a arte ao nosso redor
“”

A cidade nos proporciona muitos olhares e ângulos diferentes. O uso da criatividade para explorá-los é essencial e a fotografia é dos meios artísticos mais usados. A área possui diversas abrangências e uma delas é a fotografia arquitetônica. Este formato realça a beleza e consegue passar toda a poesia e as inspirações, além do concreto das construções urbanas. Os elementos mais comuns são prédios, casas e espaços internos, mas o que irá diferenciar será o ponto de vista do fotógrafo e o propósito da captação.

Reprodução/Cuba Gallery

A abordagem técnica dependerá do objetivo do profissional, como explicar o que a construção representa, a arte abstrata de suas linhas, ângulos, formas ou jogo de luzes. O fotógrafo porto alegrense, Marcelo Donadussi, é especialista na área arquitetônica e acredita que esta vertente pressupõe um entendimento diferenciado do objeto a ser fotografado. “Diferentemente de fotografar uma pessoa, arquitetura demanda muito mais tempo e paciência. As vezes é preciso esperar o horário ideal para um edifício ser fotografado”, explicou.

Foto: Marcelo Donadussi

O ângulo mais diferente, a fotografia perfeita são alguns dos desejos de todos os amantes da área. Para Donadussi, na hora de capturar uma imagem não tem certo ou errado. “Para se ter uma imagem ideal, é preciso atender todos os requisitos básicos da fotografia, desde foco, enquadramento, fotometria entre outros aspectos. É importante cada fotógrafo ter a sua própria linguagem fotográfica. A fotografia é um leque aberto e amplo para muitas possibilidades”, ressaltou.

Dentro da fotografia arquitetônica há uma divisão entre informativa e artística. As duas formas podem se complementar e unir seus princípios, mas nem sempre são consideradas iguais. “Existe uma linha muito tênue que dividir a fotografia artística da fotografia informativa.  Uma fotografia artística pode ser informativas mas nem toda fotografia informativa pode ser artística”, completou Donadussi.

Foto: Marcelo Donadussi

O olhar treinado que encontra arte e inspirações nos detalhes não é uma tarefa fácil. Uma foto pode transmitir diferentes sentimentos, sensações e é preciso usar isto a nosso favor. O fotógrafo deve utilizar de recursos como profundidade, camadas, ângulos, criando uma “personalidade” ao elemento desejado, seja força, delicadeza, solidão ou outro.

Mais recentes