Matheus Sasso - Portal da Indústria Criativa


Matheus Sasso

“Às vezes, a gente não precisa revolucionar o mundo para mudar ele”

Postado em: 04/04/2017
Por: Carol Steques

(Texto: Laíse Feijó)

Matheus Sasso tem 23 anos, é formado em Design pela Unisinos Porto Alegre e hoje é CEO de uma das mais conhecidas marcas do mundo: Geek no Brasil, a Nerd Universe, que vende produtos originais por meio de uma loja online.

O designer saiu do Ensino Médio direto para a faculdade e optou pela Unisinos pela amplitude do curso. “Enquanto nas outras universidades o Design era muito segmentado, como designer de moda ou gráfico, na Unisinos era um Bacharelado, mais abrangente e com uma pegada em design estratégico, o que me encantou”, conta Sasso.

Matheus lembra que não sabia ao certo do que se tratava o design estratégico, até participar de uma palestra de apresentação do curso feito pela coordenação do Design na Unisinos. “A coordenação explicou que a gente veria várias áreas, entendendo a metodologia e não somente como algo é feito. O curso nos ensinaria o processo, a, nos fazendo pensar e criar uma visão do todo. Foi isso que me cativou a escolher o curso”, disse.

A paixão foi tanta que Matheus nem sabia que o curso seria em turno integral. Só foi descobrir depois que as aulas começaram. “Só depois que eu soube que minhas aulas seriam de segunda a sexta, manhã e tarde. Uma loucura. Mas pela proposta, de uma imersão total no Design, eu aceitei o desafio. Eu saí do Ensino Médio, onde o design não é tratado, para uma realidade de convivência quase que 24horas com a temática. O que hoje percebo que foi muito bom para minha formação profissional”, conta.

Matheus Sasso entrou na universidade em 2010 e formou-se em 2013. Ele brinca que, como boa parte dos profissionais da área, escolheu o Design pois queria fugir da matemática. “Eu não me encaixava em outros cursos, não conseguia me imaginar como professor, advogado, ou qualquer profissão considerada mais séria. Eu vi no design uma possibilidade de trabalhar pensando no novo. A publicidade, por exemplo, sempre achei muito comercial. O design é mais criativo, é uma área onde um posso pensar produtos que ajudem as pessoas de alguma forma”, ressalta.

Junto do professor Leandro Tonetto durante a disciplina de pesquisa antropológica (Foto: Acervo Pessoal)

O designer destaca que os motivos que o fizeram escolher o curso não são os mesmos que o fizeram permanecer na profissão. “No começo, eu queria fazer projetos para melhorar o mundo. Bem ideológico.  E eu resolvi continuar a ser designer pois dentro do curso eu aprendi a ter uma visão sistêmica. Ou seja, de que uma coisa leva a outra. As vezes a gente não precisa revolucionar o mundo para mudar ele. Às vezes pequenas ações já contribuem para isso. ”.

Na visão de Sasso, o Design pode contribuir para várias pequenas mudanças dentro de uma empresa, que vão desde um posicionamento mais ecológico até ações que repensem o papel do design dentro destes ambientes. “Essa visão do todo, de ser um profissional que entra em uma empresa e consegue melhorar ela em todos os aspectos de produção é o que me motivou a continuar na área. É essa visão sistêmica que comentei anteriormente. É entender que as coisas não são quadradinhas e que uma coisa interfere na outra”, completa.

 

A Nerd Universe

Atualmente Matheus Sasso trabalha como CEO da Nerd Universe, uma loja online que reúne produtos do mundo Geek, como camisetas, canecas, acessórios, objetos colecionáveis. O foco da empresa é na criação de produtos originais.

Ele destaca que ele não participou da criação da marca, mas que hoje tem importante função dentro do grupo. “No ano passado eu fiz uma entrevista para a Nerd Universe, fui selecionado e acabei me tornando o CEO coordenador da empresa. O cargo só foi possível graças ao que citei antes: a minha visão sistêmica da área, adquirida durante os anos de curso”, conta.

Matheus (direita) junto do colega de Nerd Universe Marcelo Varante. Ambos egressos da Unisinos (Foto: Reprodução/Facebook)

O designer ressalta que dentro da Nerd Universe o sistema de gerenciamento é diferente, fugindo dos moldes tradicionais de ambiente de trabalho. “Normalmente tem o diretor, o supervisor, o funcionário. E nós queremos quebrar esse paradigma, tornando todos iguais dentro deste ambiente. Não faz sentido ter chefe hoje em dia. É possível que cada pessoa se auto gerencie, sem que haja uma burocracia. É isso que buscamos dentro da nossa empresa”, ressalta Matheus.

O profissional destaca que implantar esse novo molde de trabalho é uma tendência, mas também é tarefa difícil, pois as pessoas vêm de ambientes completamente distintos onde a realidade de trabalho ainda é antiquada. “As pessoas chegam acostumadas com aquele sistema hierárquico de empresas aí vem para cá e se perdem. É difícil de acostumar com a ideia de que não precisa que uma pessoa mandando em ti para que tu faças algo. Então esse é um desafio aqui dentro”, pontua o designer.

Dentro da Nerd Universe, Matheus destaca que alguns pontos diferenciam sua empresa: o sistema organizacional, citado anteriormente, e os produtos originais. “Nós trabalhamos com a lei do copyright, ou seja, não pagamos direitos autorais para ninguém. Eu não pago nada para Batman e Superman pois eu não exploro Batman e Superman. Nós criamos cultura popular em cima do que existe. Não vendemos camisetas com o logo destes super-heróis. Nós criamos algo em cima dele que remeta a isso de forma original e isso é o nosso diferencial dentro do mercado”, explica Matheus.

Sasso destaca ainda que este posicionamento vem do Design estratégico, conceito que aprendeu dentro da Unisinos e que aplica fortemente dentro da empresa que atua. “Tudo o que eu aprendi em sala de aula é posto em prática aqui na Nerd, tanto na parte de criação de produtos quanto na estrutura da empresa de uma forma geral”, garante.

A Nerd Universe tem sede física em Porto Alegre e vende para todo o Brasil através do site. A média de idade dos funcionários impressiona: a maioria tem entre 22 e 24 anos. Para Matheus, o fato de trabalharem somente com e-commerce aumenta ainda mais as possibilidades da marca. “Nós ganhamos uma notoriedade muito grande dentro do ramo. Temos mais de 850 mil seguidores no Facebook, 100mil no Instagram. A procura diária no nosso site gira em torno de 6 a 7mil acessos. É um número muito considerável em termos de mercado. A marca existe há três anos, então é um alcance muito grande para uma empresa relativamente nova”, conclui.

Matheus (segundo da direita para a esquerda) junto de parte da equipe da Nerd Universe (Foto: Reprodução/Facebook)
Redes Sociais